23º Congresso Sindical Comerciário do Estado de São Paulo – Propostas de Deliberações

17/10/2014

As coordenações geral, executiva, e sub-executiva, lideradas, respectivamente, pelo presidente da Fecomerciários, Luiz Carlos Motta, Ademir Lauriberto Ferreira e Edson Ramos, com base nas palestras aqui ministradas e nas discussões por elas fomentadas; apresentam à plenária do 23º Congresso Sindical Comerciário do Estado de São Paulo, ocorrido na cidade São Pedro, de 14 a 16 de outubro, sob o tema: “Sindicalismo Comerciário: “Forte na Base e Atuante nas Lutas Políticas e Sociais", as seguintes propostas de deliberações a serem adotadas, se aprovadas, em toda base territorial da Federação. Vale ressaltar que estas deliberações servirão como baliza das principais mobilizações sindicais em nome da preservação e da ampliação dos direitos das comerciárias e dos comerciários do Estado de São Paulo.

São elas:

1- Criar ações, previamente estabelecidas pela Federação, para estimular a aproximação dos Sindicatos Filiados e dos seus dirigentes aos comerciários e às comerciárias de suas bases territoriais, independentemente dos portes dos estabelecimentos comerciais, uma vez que, nesta plenária, fora constatado, em várias situações, um distanciamento nocivo às nossas atividades sindicais entre sindicatos e trabalhadores. Para cumprirmos este objetivo serão realizados simpósios, separadamente, em cada uma das 8 Regionais da Federação, a fim de identificarmos necessidades locais para alcançarmos este fim. A categoria comerciária deve ser valorizada à altura da sua importância trabalhista, econômica, política e social.

2- É interesse do 23º Congresso investir na qualificação profissional de jovens a fim de gerar emprego e, igualmente, criar oportunidades, por meio de programas culturais e esportivos, de haver integração da juventude com o sindicalismo comerciário. A sugestão é abrir espaços para que a juventude exponha seus pensamentos e também, desse modo, nós dirigentes sindicais, sabermos quem é o jovem do Século 21 e seus anseios.

3- No outro extremo, a coordenação do 23º Congresso indica a composição de programas voltados às pessoas da chamada terceira idade, com cursos profissionalizantes voltados a este contingente que permitam a reciclagem profissional e, desta maneira, aumentar suas chances de empregabilidade. O objetivo é vencer a barreira do preconceito que ocorre no mercado de trabalho que já considera idoso o trabalhador e a trabalhadora com mais de 35 anos de idade.

4- Diante da constatada redução da bancada sindical no Congresso Nacional, passadas as eleições de 5 de outubro, aponta-se nestas resoluções a formação de uma Frente de Resistência Comerciária na Câmara dos Deputados e no Senado Federal a ser formada pela Fecomerciários, pela União Geral dos Trabalhadores e pela Confederação Geral dos Trabalhadores no Comércio para impedir a aprovação de matérias nocivas aos trabalhadores e, também, somando esforços para aprovação de projetos que constam na denominada Pauta Trabalhista que garante avanços à classe trabalhadora.

5- O fortalecimento da base comerciária com atuação nas lutas políticas e sociais, conforme o tema central deste Congresso, tem a compreensão de que as mulheres trazem consigo potencial decisivo para, através da Secretaria da Mulher da Federação, realizar ações nas 8 Regionais da Federação, no decorrer de 2015, como a organização de encontros periódicos que deem visibilidade à força da mulher comerciária e que ditem, como e o que, os Sindicatos que formam estas regionais devem, na prática, conferir às mulheres o reconhecimento que elas merecem e o combate, efetivo, à toda e qualquer forma de discriminação.

6- Entre outras mobilizações, sempre conjuntas, fica sugerida a adoção de um plano de ação efetivo e diferenciado, com forte apelo cidadão, como a erradicação do trabalho infantil e a inclusão social, em todos os municípios do Estado, daqueles que são acometidos por deficiências física e mental e atenção especial ao trabalhador dependente de drogas lícitas e ilícitas .

7- Com o êxito do pleito de 5 de outubro devido aos expressivos 95 mil votos conquistados por Luiz Carlos Motta na sua candidatura a Deputado Federal, o 23º Congresso Sindical Comerciário sugere a constituição de um Conselho Político da Federação com o intuito de manter latente as discussões políticas e apartidárias que esta consagração nas urnas conferiu à nossa categoria.

8- Por fim, para que haja a efetiva realização de todas as propostas acima relacionadas a coordenação do 23º Congresso Sindical Comerciário do Estado de São Paulo entende que se faz necessária uma completa reestruturação das 8 Regionais da Fecomerciários instaladas no Estado. Compreende-se que este aprimoramento das nossas Regionais devem acompanhar o crescimento e a nova percepção da categoria comerciária, reconhecida, hoje, como unida, organizada e mobilizada não somente no Estado de São Paulo; mas em todo o Brasil.

Fonte: Site Fecomerciários