Montadores da Via Varejo fazem greve

04/07/2014

Montadores de móveis da Via Varejo fizeram paralisação de trabalho por um dia depois que a direção da empresa descumpriu a legislação trabalhista e cortou direitos já assegurados pela categoria.

O movimento iniciou-se no ponto de apoio de montagens de móveis, na Avenida Amazonas, 2492, em Belo Horizonte, onde o Sindicato esteve presente. Foi agendada uma assembleia e elaborada uma pauta de reivindicações que foi encaminhada à empresa, através do Ministério do Trabalho.

A partir de então, já foram realizadas três reuniões de mediação na Superintendência Regional do Trabalho, com a presença dos trabalhadores, representantes da empresa e a diretoria do Sindicato.

A Via Varejo já atendeu alguns itens, mas ainda faltam itens importantes da pauta. As negociações prosseguem. Os principais itens de reivindicação dos montadores são: correção da tabela de remuneração conforme a CCT; manutenção do percentual e tabela nas montagens da região metropolitana; uniformes; equipamento de proteção ao trabalho; isonomia de ajuda de custo do montador e do ajudante; seguro do veículo do empregado; ferramentas e redução da jornada de trabalho.

A Via Varejo é a maior empresa de varejo no Brasil, resultado da fusão entre as redes Ponto Frio e Casas Bahia.