Sindicato ganha ação a favor dos trabalhadores da Moura Calçados

22/12/2016

O Sindicato dos Comerciários venceu mais uma importante ação na Justiça em defesa dos trabalhadores, conquistando os acertos rescisórios dos empregados da Moura Calçados que lutam por receber seus direitos desde que a empresa fechou em 2001.

 

A justiça determinou o pagamento dos acertos a todos os ex-funcionários com as devidas correções. Todos os trabalhadores que protocolaram ações à época, devem comparecer ao Departamento Jurídico do Sindicato dos Comerciários, no 3º andar da sede, para assinar nova procuração para o recebimento de seu acerto. Atenção, só receberão seus direitos aqueles trabalhadores que renovar a procuração no Sindicato.

 

Os mais de 500 ex-trabalhadores da Moura Calçados têm créditos a receber nos valores que variam de R$2.000,00 a R$80.000,00, dependendo do salário recebido e tempo de serviço.

 

Essa é mais uma importante ação do Sindicato, que após vários anos, persistiu e acompanhou o processo com dedicação.

 

Continuam os pagamentos das ações da MESBLA

 

Ao longo de outro processo vencido pelo Sindicato dos Comerciários contra a extinta Mesbla, que corre desde 1999, constatou-se que os recursos da massa falida não seriam suficientes para o pagamento de todos os trabalhadores.

 

A diretoria do nosso Sindicato e o nosso Departamento Jurídico mantiveram-se empenhados em defesa dos direitos desses trabalhadores e graças a sua ação persistente, a Justiça determinou que sejam feitos bloqueios financeiros nas demais empresas pertencentes ao grupo até que todas as ações sejam pagas. Ainda restam em torno de 60 trabalhadores que não receberam seus devidos pagamentos. Os processos continuam em andamento. Assim que a Justiça disponibilizar mais recursos os trabalhadores serão comunicados.

 

A importância do Sindicato

 

O trabalho do Departamento Jurídico do Sindicato, na luta  pelo resgate dos direitos do trabalhador comerciário não para. Segundo o Dr. Amarildo Souza Almeida, outra importante ação ganha para os trabalhadores, contra a Casa do Rádio, que se arrasta na Justiça desde 2001, pode ter uma solução em 2017.

 

A mobilização dos trabalhadores e a ação permanente do sindicato é fundamental pra que a justiça seja feita. É muito importante que todos leiam os jornais, boletins, publicações e o site do Sindicato (www.secbhrm.org.br) e se mantenham atualizados sobre o andamento dessas ações.

 

Fonte: Bic - 467 - Dezembro/2016