Ugetistas trocam experiências com sindicalistas afro-colombianos

21/08/2014

A União Geral dos Trabalhadores (UGT), representada pelos sindicalistas Ana Cristina Duarte, Sidnei Curral, Cleonice Caetano, Marina Silva e Renê Cesar Barrientos estiveram reunidos com uma comitiva de afro-colombianos para a troca de experiências sobre a questão étnico-racial no Brasil e no exterior.

O programa de intercâmbio, do qual participaram lideranças das centrais Força Sindical e CUT, foi aberto na sede da CSA, no dia 5 de agosto, seguido de diversos outros encontros encerrados no dia 9.

Secretária da Diversidade Humana da UGT, Ana Cristina, narrou toda a trajetória da UGT e a relevância de iniciativas implementadas pelas centrais sindicais - dentre elas a Década dos Afrodescendentes, a Marcha das Mulheres Negras em 2015 e a proposta de criação do Fórum Nacional das Secretarias Raciais/Diversidade Humana - para a consolidação de bandeiras de luta em torno das questões raciais. A secretária também sugeriu aos promotores do programa de intercâmbio (Inspir, Solidarity Center e CSA) a elaboração de um documento orientador para o encontro.

A agenda incluiu, ainda, reuniões que mobilizaram representantes de organizações do Movimento Negro, das secretarias municipais de Trabalho e de Igualdade Racial de São Paulo e da Secretaria de Justiça de São Paulo. O sindicalistas também participaram de reuniões, em Brasília, com o líder do PT na Câmara, deputado Vicentinho; no Ministério do Trabalho e Emprego (MTE); e com a ministra da Igualdade Racial Luiza Bairros.  De acordo com a secretária da Diversidade Ana Cristina Duarte, o programa de intercâmbio resultou na criação do Conselho Laboral Afro Colômbia (Claf).

Fonte: Site UGT