Palavra do Presidente

Por que o governo quer acabar com os sindicatos?

Às Vésperas do carnaval, foi publicada a Medida Provisória nº 873, de 1º de março de 2019, com que se pretende jogar uma pá de cal nos sindicatos e na livre organização dos trabalhadores brasileiros.

Essa Medida Provisória incrementou a intervenção inconstitucional de Temer, atacando o direito dos trabalhadores de contribuírem com as suas entidades sindicais. Tem como finalidade estrangular as finanças dos sindicatos e tentar impedir sua capacidade de mobilização.

Enquanto isso, o que vemos é o aumento dos índices de desindustrialização do país, a alta dos preços dos combustíveis, da cesta básica, dos remédios.

A reforma trabalhista não fez aumentar empregos.

E a reforma da previdência, que agora é chamada de Nova Previdência, significa o fim da aposentadoria e piora na vida de milhões de trabalhadoras e trabalhadores justamente no período da vida em que eles mais precisam de cuidados e segurança.

O governo quer acabar com os sindicatos para tentar impor novos ataques como um rolo compressor.

O Sindicato dos Comerciários vem se pronunciado abertamente em todos os fóruns de trabalhadores, manifestações e junto às suas bases afirmando que é preciso resistir.

Não aceitar as medidas da “reforma trabalhista”! Devemos nos organizar nos locais de trabalho, nos unirmos com o sindicato e enfrentar no dia a dia cada irregularidade.

Devemos nos unir como grande categoria que somos e também nos unir com outros setores da sociedade, convocar a população, as entidades sindicais e sociais para levantar um grande movimento que faça com que esses ataques sejam impedidos e revogados.

O Estado Novo de Getúlio Vargas impôs os interventores nas organizações sindicais. Não pôde impedir a organização dos trabalhadores!

A ditadura militar impôs a ilegalidade e a clandestinidade ao movimento sindical. Não pôde impedir a organização dos trabalhadores!

Após a abertura democrática, foram inúmeras tentativas de cooptar e dividir o movimento sindical. Com muitas dificuldades seguimos resistindo.

Agora querem mais uma vez acabar com os sindicatos. Somente com uma grande luta poderemos impedir isso e provar que como sempre foi ao longo da história, não poderão impedir a organização dos trabalhadores!
 

José Cloves Rodrigues
Presidente do Sindicato dos  Comerciários de BH e Região
Maio/2019